Confira os destaques da programação

Programação do XV Congresso Sul Brasileiro de Urologia

03/12/2020 | Quinta-feira

BlocoHorárioTema / Atividade
CURSOS PRÉ-CONGRESSO
CURSO 109h30 – 12h30Urologia de Consultório - manejando situações frequentes
Duração: 3 horas. / Vagas: 60.
09h30 – 09h45ITU repetição na mulher: manejo atual
09h45 – 10h00Síndrome da Bexiga Dolorosa/Dor pélvica: estabelecendo o racional da investigação e tratamento 
10h00 – 10h15Infecções sexualmente transmissíveis: atualização rápida
10h15 – 10h30Discussão interativa com participantes
INTERVALO10h30 – 11h00Intervalo
11h00 – 11h15Hemospermia investigação e manejo
11h15 – 11h30Terapia de reposição hormonal ou de estimulação hormonal? Quando e como. 
11h30 – 11h45Lesões genitais: quando não é fungo, o que é?
11h45 – 12h30Casos clínicos dinâmicos: uma pergunta, uma resposta.
1. Avaliação da próstata: Ainda se faz Toque Retal de rotina?
2. Homem, 40 anos, PSA inicial 2,1, assintomático
3. Homem, 50 anos, parceirajovem, cogita engravidar no futuro, IPSS: 20.
4. Homem, 38 anos, procura por HF de Neoplasia de próstata (pai, tio e avô paterno).
5. Homem, 80 anos, PSA 15.
09h30 – 12h30
09h30 – 10h30Módulo I – Avaliação Metabólica / NPC
Descrição do Módulo: Os integrantes serão atualizados sobre o manejo clinico da urolitiase, avaliação metabólica e o tratamento das principais etiologias. Revisarão as indicações e o passo a passo da Nefrolitotripsia percutânea (NPC), bem como das situações inesperadas e complicações.
09h30 – 09h45O que o urologista precisa saber sobre a avaliação metabólica e o manejo clínico.
09h45 – 09h55NPC: revendo passo a passo as técnicas em posição supina e prona – dicas e truques.
09h55 – 10h30Situações inesperadas durante a NPC: identificando e manejando. Discussão de casos clínicos ilustrativos
INTERVALO10h15 – 10h45Intervalo
10h45 – 12h30Módulo II – Ureteroscopiaflexível / HandsOn
Descrição do Módulo: Os integrantes serão divididos em 2 grupos de 15 pessoas. Os dois grupos alternarão entre as apresentações interativas com os conceitos teóricos e o Stone Institut, HandsOn em ureteroscopia flexível.
Discussão interativa: Complicações no tratamento cirúrgico endoscópico da ureterolitiase: como prevenir e manejar: quando o aparelho não entra ou não sobe, como poupar o uso de radioscopia/ Todustornottodust, duplo J ou não, calibre, quanto tempo– Situações ilustrativas
HandsOn: Stone Institut.
CURSO 209h00 – 12h00ICS EducationalCourse
09h00 – 09h05Abertura
09h05 – 09h20Faz 20 anos que tratamos bexiga hiperativa da mesma forma, com resultados desapontadores. Como podemos melhorar os resultados e para onde apontam as novas alternativas terapêuticas?
09h20 – 09h35Tratamento conservador na síndrome da bexiga hiperativa – novos horizontes
09h35 – 10h20Discussão de casos sobre bexiga hiperativa
10h20 - 10h35Um Update sobre as novas tecnologias no ensino do diagnóstico e tratamento das disfunções do assoalho pélvico
10h35 – 10h50O impacto translacional de modelos clínicos para LUTS
10h50 – 11h05Incontinência pós prostatectomia: como anda nossa assistência pós alta cirúrgica?
11h05 – 12h00Discussão de casos sobre diagnóstico e tratamento de LUTS
CURSO 309h30 – 12h00Uro-Oncologia para o Urologista Geral
09h00 - 10h30Objetivos:O manejo das neoplasias em urologia são um dos problemas mais desafiadores para o urologista, dado a sua frequência e os constantes avanços e questionamentos com relação ao seu manejo. Este curso visa a atualização das três principais neoplasias para o urologista geral. Duração: 3 horas. / Vagas: 60.
09h00 - 10h30Módulo Próstata
09h00 - 09h15Ainda se faz rastreamento para CaP? Como e em quem.
09h15 - 09h30Novas ferramentas diagnósticas para CaP
09h30 - 09h45Biopsia de próstata: com ou sem Ressonância Multiparamétrica prévia? A Ressonância Multiparamétrica define quem deve ser submeter à primeira biópsia? A Ressonância contribui com o estagiamento e a conduta a seguir?
09h45 - 10h00Biópsia positiva. E agora? Como definir o tratamento
10h00 - 10h40Prostatectomia radical. Qual é a melhor via de acesso?
- Apresentação de caso
- Aberta
- Laparoscópica
- Apresentação de caso
- Robótica
10h40 - 12h00 Módulo Rim / Bexiga:
10h40 - 11h00Vigilância de massas renais: quando, em quem e como
11h00 - 11h15Tumores renais avançados: quando vale a pena investir no tratamento cirúrgico e o que a Uro oncologia tem para oferecer?
11h15 - 11h30Não há BCG. E agora?
11h30 - 11h45Como se seleciona os pacientes e como se conduz o tratamento do Ca de bexiga invasor com preservação de órgão?
11h45 - 12h00Octagenários com Ca de bexiga invasor. Como manejar.
ENCONTRO COM OS EXPERTS – 30 vagas por evento: 
Plano de atividade paralela em formato de discussão de casos com experts - pequenos grupos (até 60 pessoas) com inscrição em separado. Investimento simbólico (R$ 50,00), para uma maior previsibilidade do número de participantes. Melhor aproveitamento da presença dos palestrantes internacionais e do nos2'so espaço disponível.
4. Uroloqgia Feminina– Discussão de Casos
5.Transtornos ejaculatórios – Discussão de casos de transtornos ejaculatórios – 1 hora.
6. Urolitíase complexa: Apresentação de casos complexos com dicas e truques – Duração: 1h30min
7. HPB tratamentos endoscópicos e minimamente invasivos: quando indicar, qual escolher. Iniciando o aprendizado em uma nova técnica. Apresentação de casos com dicas e truques – Green Light, Enucleação prostática endoscópica, Milin aberto, laparoscópico e robótico, etc / Estará disponível o uso do simulador GreenLight - Duração: 2h00min.
8. HPB tratamentos clínicos e cirúrgicos disponíveis: Duração 1:00 h
9. FISIOTERAPIA – Discussão de casos e conceitos. – 2 horas Sábado a tarde.
13h30 – 13h50ABERTURA - Plenária
13h50-15h30INOVAÇÃO EM UROLOGIA: PERSPECTIVAS
13h50-14h10Avanços em Cirurgia Minimamente Invasiva Urológica
14h10-14h30Tratamento da urolitíase: o que há de novo no horizonte?
14h30-14h50Inovações em Diagnóstico e Terapia Focal do CaP
14h50-15h10Inovações e perspectivas futuras em urologia pediátrica
15h10-15h30Novas perspectivas no atendimento de pacientes com disfunção miccional neurogênica
15h30-16h00Visita ao Hall de Ciência de Tecnologia
16h00 – 17h30MÓDULO URO ONCO – Câncer de Bexiga
16h00 - 16h15Condutas no tumor NMICC
16h15 - 16h30Resultados atuais: Cistectomia vs. Preservação vesical na doença MICC
16h30 - 16h45Conceitos atuais em Neoadjuvância em MICC
16h45 - 17h00 Cistectomia radical - avanços técnicos
17h00 - 17h15Cuidados pós-operatórios - abordagem multidisciplinar e ERAS
17h15 - 17h30 Alternativas no tratamento do Ca in situ e no Ca recidivante.
17h30 – 18h00MÓDULO LUTS
17h30 - 17h45 Como tratar "prostatite" na era pós-quinolonas
17h45 - 18h00Futuro do tratamento da bexiga hiperativa idiopática.
INTERVALO18h00 – 19h00Wine& Science - Hall C&T
Sessão de Pôsteres
- Votação comissão e votação aplicativo –escolha dos 3 melhores pôsteres.
Serviço de vinho durante a sessão
Jantar dos palestrantes no Hotel mesmo, limitado a 100 pessoas
 NOITE LIVRE – Curta a bela e acolhedora Gramado!

04/12/2020 | Sexta-feira

BlocoHorárioTema / Atividade
Plenária08h00 – 10h00Uroconcologia
08h00 – 10h00MÓDULO URO ONCO – Câncer de Próstata
“Quem somos nós no mundo?”
Novos marcadores moleculares - o que é útil na prática clínica?
Biópsia de próstata - avanços recentes
Ca Próstata localizado - condutas baseadas em evidência
Tratamento cirúrgico - resultados da cirurgia aberta vs. MIS
Radioterapia - standard vs. hipofracionamento e quando usar HT?
Vigilância ativa - resultados atuais e critérios de inclusão
Recidiva Bioquímica - métodos diagnósticos e quando/como intervir?
Mesa-redonda - Discussão de casos (2)
10h00 – 10h30Visita aos expositores
10h30 – 12h00Urologia reconstrutiva
Mesa redonda com discussão de casos complexos em Urologia reconstrutiva.
10:30 - 11:15Cirurgia uretral em adultos
11:15 - 12:00Reconstrução genital em crianças
INTERVALO12h00 - 13h00Simpósio satélite ou copa dos residentes
PLENÁRIA13h00 - 13h15Se a LECO não morreu, como posso utilizar melhor os seus recursos?
PLENÁRIA 13h15 - 13h35Fragmentar ou Pulverizar, Stent ou não, calibre, com fio ou remoção endoscópica. Como eu faço
PLENÁRIA13h35 - 14h30Complicou: e agora? Discussão de casos complexos em Urolitíase
14:30 as 18:00 Highlights do AUA
INTERVALO16h00 – 16h30Visita aos Expositores

05/12/2020 | Sábado

BlocoHorárioTema / Atividade
INTERVALO10h00 – 10h30Visita ao Hall de Ciência e Tecnologia
10h30 – 12h00Cirurgia ao vivo (Transmissão direta) - Capacidade: 100 pessoas
Plenária I12h00 – 13H30I COPA INTERESTADUAL DOS RESIDENTES: a disputa
Plenária || 08h00 – 10h00ANDROLOGIA E INFERTILIDADE
08h00 – 09h00Mesa Redonda 1 - Diagnóstico e terapia do homem infértil no futuro além de 2020.
Analise seminal convencional:
Testes de Fragmentaçao de DNA dos espermatozoides
Uso de esteróides anabolizantes e danos na qualidade seminal
Declínio na qualidade seminal
Paternidade e genética
Discussão
09h00 – 10h00Mesa Redonda 2 - Andrologia atual e perspectivas futuras
Cirurgia reconstrutiva peniana
Prótese peniana - atualidades e futuro
Segurança do uso de testosterona no homem com neoplasia de prostata
Cirurgia de aumento peniano – quando e como fazer
Discussão
INTERVALO10h00 – 10h30Visita ao Hall de Ciência e Tecnologia
10h30 – 12h00Urologia pediátrica
10h30 – 10h50Cirurgia reconstrutiva em urologia pediátrica – Onde a robótica pode fazer a diferença
10h50 – 11h10Laparoscopia em uropediatria ainda é padrão ouro em cirurgia minimamente invasiva
11h20 – 12h00Mesa redonda - uropediatria de consultório
12h00 – 13h30Simpósio satélite / copa dos residentes
13h30 – 15h00UROLOGIA FEMININA / INCONTINÊNCIA
13h30 – 14h10Mesa redonda: Casos difíceis de lidar no dia a dia
1 - Mulher de 43 anos com esclerose múltipla e LUTS
2 - Mulher de 83 anos, resíduo de 90 ml e terceira internação por urosepse
3 - Mulher de 55 anos, cistocele estágio III, LUTS persistente após sling
14h10 -14h25Atualização relâmpago: O que eu preciso saber sobre urotélio, mitocôndrias e envelhecimento vesical? Importância e perspectivas
14h25 - 15h00Tratamento cirúrgico da incontinência urinária pós-prostatectomia - Abordagem baseada em um caso clínico.
15h00 – 15h30Visita aos expositores
15h30 – 17h00MÓDULO HPB
15h30 -16h30Mesa: Casos difíceis no Tratamento cirúrgico da HBP
Caso 1 – 63 anos, aos 40 teve acidente com fratura de bacia, estenose de uretra membranosa de 3 cm e uretroplastia. Agora próstata de 65 g, 4 infecções urinárias no último ano e 2 episódios de retenção urinária. Sondado no momento
Caso 2 – 74 anos, Insuficiência cardíaca compensada, valvulopatia aórtica, anticoagulado, próstata de 90 g e retenção urinária.
Caso 3 – 53 anos, próstata de 50 g, retenção urinária refratária e hematúria após uso de clomifeno para tratamento de infertilidade conjugal.
Caso 4 – 65 anos, Próstata de 70 g e resíduo de 180 ml, Doença de Parkinson, incontinência urinária usando fraldas.
16h30 – 17h00Ponto contraponto
16h30-16h35 Introdução e apresentaçãode caso clínico de HBP com fatores de risco para progressão de HBP e quando operar pelo moderador
16h35 – 16h45 Riscos e benefícios do tratamento cirúrgico
16h45 – 16h55Riscos e benefícios do tratamento clínico
16h55 – 17h00Encerramento pelo moderador

Inscreva-se!

Estamos organizando um Congresso que será inesquecível!
Clique no botão abaixo e garanta sua inscrição.

Realização

Apoio

Gerenciamento